O Sporting recebe este sábado, a partir das 20h30, o Santa Clara, em partida da 34.ª e última jornada da I Liga 2021/22, naquele que será o último encontro oficial da época para os leões. O treinador Rúben Amorim aproveitou a conferência de antevisão a esse jogo para fazer uma espécie de balanço de uma temporada na qual o Sporting conquistou a Supertaça e a Taça da Liga, mas deixou fugir o título de campeão nacional.

"No futebol, ou se ganha e é 10, ou não se ganha e é zero. Não gosto de estar a dar números. No futebol é tudo ou nada. Não ganhámos o campeonato, por isso é nada", admitiu, desvalorizando depois o facto de o Sporting até poder vir a terminar o campeonato com tantos pontos somados como os que lhe valeram o título na temporada passada.

"No ano passado ganhámos. Ganhar com 70 tem melhor sabor que ficar em segundo com 75. Perdemos este, vamos lutar pelo próximo, sabendo que há três equipas a lutar pelo título. O objetivo e a obrigação é lutar pelo campeonato. A sensação é igual, lutar para motivar a equipa", acrescentou.

Felicitações ao FC Porto

Amorim abordou também o facto de ter dado os parabéns ao FC Porto pelo título. "Eu fiz o que tinha de fazer pela instituição em que estou. Dei os parabéns ao campeão, o que não aconteceu em relação a nós. Fiz o meu papel porque é assim que temos de gerir as coisas. O FC Porto acabou por ser o justo campeão porque foi o mais regular", disse.

A preparação da nova época.

O técnico dos leões olhou já para a próxima temporada, falando de possíveis saídas. "Os clubes portugueses têm sempre de vencer. Não me preocupa isso. O que faço é entregar uma lista de jogadores que são fundamentais para o nosso projeto e o resto já não passa pelas minhas mãos. Há que entender que o mercado é mesmo assim, que os clubes vivem de receitas. A minha preocupação é explicar bem que há jogadores que têm de sair", lembrou, antes de reconhecer que tem ainda muito a aprender como treinador.

"Para alguém que tem dois anos e meio de treinador principal, tenho de melhorar em muita coisa. Na abordagem dos jogos, no entendimento do jogo, perceber melhor o dia a dia, os momento da pressão. Tudo isto cresce com a experiência. Tenho muito a aprender, dei muitos passos em frente durante a formação, mas preciso de crescer em muito", admitiu, recusando-se de seguida a falar do primeiro reforço já garantido pelo Sporting para a nova época, Jeremiah St.Juste.

"Sobre o mercado, falaremos mais para a frente. O foco está em terminar bem a época. O St. Juste já foi oficializado, mas tem ainda um jogo para fazer pelo Mainz. Teremos tempo para falar sobre isso", lembrou.

Ainda assim, Amorim explicou que os outros reforços que entrarão para a nova época dependerão sempre das saídas. "Obviamente não vou dizer que lista de jogadores entreguei. Poderemos perder alguns jogadores e os de mais mercado são os que fizeram melhor época. O que precisarmos na próxima época vai depender das saídas. Há jogadores que têm características que não há no mercado e isso obrigaria a alterações na rotação do plantel, ver que jogadores se adaptam melhor a outra posição. Temos o trabalho de casa feito, mas, com as saídas, pode mudar tudo., alertou.

O 'onze' para o encontro com o Santa Clara

O Sporting vai então fechar a época com uma receção ao Santa Clara e Rúben Amorim não teve problemas em deixar o onze que vai entrar em campo.

Posso dar, ficam já com essa. Vai jogar o João Virgínia, o Nuno Santos, o Inácio, o Coates, o Neto, o Porro, o Bragança, o Palhinha, o Pedro Gonçalves, o Sarabia e o Tabata. Não digam ao Mário Silva [treinador do Santa Clara].", brincou Amorim, que lembrou depois o bom momento que o conjunto açoriano atravessa.

"O Santa Clara habituou-se a não perder jogos, o primeiro passo para criar uma equipa forte, tem jogadores de qualidade. Será um jogo difícil, mas sem grande responsabilidade para as duas equipas. Somos o Sporting, queremos deixar uma boa imagem perante os adeptos. Queríamos fazer 88 pontos, só podemos fazer 85. É o objetivo para o jogo", concluiu.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.