Rúben Amorim fez a antevisão ao encontro com o Tondela, da sexta jornada do campeonato. O técnico abordou o facto da equipa leonina estar isolada no segundo lugar.

Segundo lugar isolado?

"Basta lembrar a época passada quando chegámos aqui, que foi a mesma coisa e uma derrota no Dragão mudou tudo. Nada que não estivesse à espera, mas não é nada de especial. Estamos no Sporting, muito no início deste trabalho, apesar de o termos começado no ano passado. Queremos continuar a trabalhar com vitórias".

Possibilidade de passarem para 1.º à condição 

Fala-se muito de um mau jogo do Sporting e de um bom jogo com o Gil. Podemos ter mais qualidade no ataque, mais paciência, mas é bom que olhem assim para nós. Controlámos mas não dominámos, tendo muito mais oportunidades. É bom sinal e foi isso que passei aos jogadores. Queremos uma exibição melhor nesses pontos fracos. Vamos aprendendo com os jogos e vamos tirar ilações daquilo que foi o Gil, onde tivemos algumas precipitações com a bola, mas foi o jogo em que sofremos menos ataques. "

É complicado estar focado

"O foco da equipa têm de ser os nossos jogos. Os jovens e os mais velhos só podem ver verde. Não se podem distrair com o vermelho e com o azul. Jogo a jogo, porque se garantirmos a vitória com o Tondela, não precisamos de pensar em mais nada. Agora, em cada jornada, se pudermos manter ou melhorar a nossa posição, é o que vamos fazer, tal como as exibições".

Quem não joga

"O Bruno Tabata e o Antunes ainda não podem ser utilizados".

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.