Eleito há dois dias como presidente do Benfica, Rui Costa diz que tem passado horas de muito trabalho, lembrando contudo que já ocupava o cargo nos últimos meses.

"Têm sido horas de muito trabalho, essencialmente. No fundo, não mudou muito desde 9 de julho, porque já estava, de outra forma, a exercer estas funções", referiu. Recorde-se que Rui Costa assumiu nessa data o cargo de líder máximo das 'águias', na sequência da demissão de Luís Filipe Vieira.

"Falo todos os dias com Jorge Jesus", acrescentou Rui Costa à margem da missa em memória de Ângelo Martins, antigo jogador dos encarnados falecido há precisamente um ano, onde o agora presidente do Benfica marcou presença.

"Infelizmente, nunca o vi jogar, mas as memórias que tenho dele, quando eu era jogador da formação, são de ele ser treinador dos juniores, quando eu estava nos infantis e iniciados. Depois, mais tarde, ele já não estava nos juniores, mas acomapnhava um pouco todas as equipas. Era um homem com uma raça tremenda e conseguiu incutir isso também a nós. Foi um grande nome do clube, foi bicampeão europeu e alcançaou um historial fantástico", sublinhou Rui Costa sobre o malogrado Ângelo Martins.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.