Bruno Carvalho afirmou que Luís Filipe Vieira fez bem em não manter Rui Gomes da Silva na sua lista de recandidatura para mais um mandato no Benfica. O antigo candidato à presidência dos ‘encarnados’ defendeu em declarações ao jornal ‘O Jogo’ que o atual vice-presidente nem deveria ter entrado na estrutura do clube.

"Rui Gomes da Silva nem deveria ter entrado no Benfica. Na sua atividade pública, mostra um Benfica agressivo, a falar constantemente dos outros clubes e eu não gosto disso, não me revejo nesse papel. Preferia alguém com uma postura diferente".

Questionado sobre as alegadas exigências de Rui Gomes da Silva e ser nomeado ‘número 2’ dos ‘encarnados’, Bruno Carvalho reiterou que não faria muito sentido, uma vez que todos os poderes estão no presidente do clube. Para o antigo candidato, é uma situação comum.

"A exigência de ser número dois parece-me que é irrelevante, pois todos os poderes estão concentrados no Presidente. Aliás, não se trata apenas do Benfica, mas de quase todos os clubes em Portugal. É o modelo que existe".

As declarações de Bruno Carvalho surgem depois de Rui Gomes da Silva ter ficado de fora da lista apresentada por Luís Filipe Vieira. O atual presidente do Benfica vai recandidatar-se e, caso vença, vai afastar Rui Gomes da Silva da vice-presidência.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.