O presidente do Sporting, Godinho Lopes, garantiu hoje em Olhão que o guarda-redes Rui Patrício «faz parte dos planos para a próxima época», apesar de estar a ser cobiçado por outros emblemas do futebol europeu.

À margem de uma reunião com os núcleos sportinguistas do Algarve, Godinho Lopes foi questionado sobre a sua posição face a uma eventual saída do titular da baliza “leonina” e disse que «esse e outro conjunto de jogadores fazem parte dos planos para a próxima época», a não ser que algum clube pague a cláusula de rescisão.

«Rui Patrício é um excelente jogador, como outros que o Sporting tem. A nossa perspectiva é manter o mais possível todos os jogadores que entendemos dever fazer parte do plantel na próxima época, onde está incluído o Rui, porque temos que ganhar e se queremos fazê-lo não podemos dispensar jogadores», explicou.

Relativamente a renovações com jogadores do actual plantel, o presidente do Sporting afirmou que serão feitas as «necessárias para garantir que há combinação perfeita entre a formação e as aquisições para a próxima época».

«Demos indicação de um conjunto de jogadores que o Sporting precisava e fizemo-lo por lugares também. Entendíamos, durante a campanha eleitoral, que havia vários lugares que eram deficitários no clube, mas à medida que vamos conhecendo os jogadores, os vamos galvanizando e restituindo auto-estima, a situação muda ligeiramente, mas há lugares em que tem que haver reforços claros», afirmou.

Godinho Lopes recusou, no entanto, falar em nomes, assegurando que «serão anunciados a seu tempo» e «não é por falta de capacidade económica que o Sporting não vai escolher os jogadores adequados para a próxima época».

«Não (está em crise). O Sporting está a viver um bom momento. O momento não é tão bom no futebol como queríamos, pois chegámos talvez tarde nesta época, mas o que se está a fazer nas várias frentes do Sporting é muito importante», considerou, frisando que o encontro núcleos faz parte desse trabalho e tem por objectivo «dinamizar o clube».

O presidente “leonino” reiterou que o principal objectivo neste momento é a equipa «ser capaz de garantir o terceiro lugar» e voltou a dizer que «o treinador do Sporting está escolhido desde o primeiro momento», mas ainda «não é altura de anunciar porque está a trabalhar».

«O treinador continua a trabalhar e nós também, cada um do seu lado, e é nossa perspectiva clara de que a forma como o estamos a fazer dá-nos garantias de que teremos uma época muito competitiva, que será a próxima», disse.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.