O treinador do Benfica, Rui Vitória, comentou este sábado a pesada derrota em Nápoles para a Liga dos Campeões e fez questão de sublinhar que não houve qualquer crítica individual aos jogadores que jogaram no Estádio São Paolo, nomeadamente a Júlio César por três erros cometidos em Itália.

Na conferência de imprensa de antevisão ao jogo com o Feirense, a derrota com o Nápoles na 'Champions' voltou a ser analisada pelo técnico encarnado.

"O jogo de quarta-feira já está arrumado. Não estou nada arrependido das decisões que tomei, pois foram tomadas em consciência. Não estou nada arrependido. Depois falaremos da Liga dos Campeões... O jogo de amanhã é de características diferentes. Para cada encontro que fazemos olhamos para o adversário e analisamos o bom e o menos bom. O jogadores que derem confiança... bem, dão todos... Mas serão escolhidos tendo em conta o melhor para a equipa. É claro como a água", começou por dizer Rui Vitória.

"Não há nada de especial a dizer. Aqui não apontamos o dedo a ninguém. Perdeu o Benfica, perdemos todos. Era o que mais faltava, em função disso, estar aqui a comentar o caso de um ou outro. Era o mesmo que dizer que havia preocupação individual, quando não há", acrescentou Rui Vitória sobre a exibição de Júlio César em Nápoles.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.