Rui Vitória afirmou que faltou clarividência ao Benfica nos momentos certo para chegar ao triunfo frente ao Marítimo no Estádio dos Barreiros. Na zona de entrevistas rápidas da SportTV, o treinador dos ‘encarnados’ disse que vai ter 15 dias para fechar o plantel e corrigir tudo o que é preciso retificar.

“Nas condições normais teríamos mais clarividências para fazer golos. O que fica é um jogo difícil contra um adversário difícil que não perde em casa há um ano e dá para ver o motivo. Temos 15 dias de intervalo. Vamos aproveitar para trabalhar e retificar o que é preciso. Vamos fechar, reunir, corrigir e tratar das nossas questões. Só assim é que se consegue melhorar”.

Questionado sobre o facto de ter perdido a oportunidade de se voltar a colar a FC Porto e Sporting, Rui Vitória reafirmou que acredita no sucesso e que desistir não é uma palavra que esteja no seu vocabulário.

“É evidente que seria bom, mas agora não podemos fazer nada. Queríamos fazer três pontos mais do que pelo empate dos rivais, mas sim por nós. Na quarta-feira [frente ao Basileia] não mostramos aquela que é a nossa imagem. Tínhamos uma oportunidade de mostra aquilo que esta equipa vale. Não nos aproximados, mas desistir não entra no nosso vocabulário”.

O Benfica empatou com o Marítimo e perdeu a oportunidade de ganhar pontos a Sporting e FC Porto que empataram em Alvalade.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.