Rui Vitória, antigo treinador do Benfica, concedeu esta sexta-feira uma entrevista ao jornal desportivo A Bola na qual admite que não ficou surpreendido com a transferência de Rúben Dias para o Manchester City.

"Não me surpreende nada este trajeto que o Rúben está a ter. Quando começámos a olhar para ele e a trabalhar com ele vimos um jogador que não estando ainda feito, naturalmente, tinha uma maturidade já muito grande para a idade e tinha algo que era e tem sido determinante na sua carreira, creio mesmo que é a palavra mágica que melhor o define: foco", começou por apontar.

"Tinha um foco muito grande nas suas capacidades, nas limitações e aspetos a limar, no caminho que tinha de percorrer e onde queria chegar. É esse foco que leva à concentração, ao compromisso, ao rigor e à disciplina que um jogador profissional tem de ter. Isso foi um suporte muito grande para a sua evolução. Aproveitou sempre cada momento de treino, cada momento de jogo para crescer de forma sustentada", acrescentou o antigo treinador do Benfica.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.