Depois da vitória sobre o Estoril, Rui Vitória refere que a missão do Benfica está cumprida no que diz respeito à 14.ª jornada, não se mostrando preocupado com os jogos de Sporting e FC Porto, que partilham a liderança do campeonato.

"O nosso foco era ganhar os três pontos. Não gosto de jogar em vários campos. O nosso trabalho está feito, que era aquilo que queríamos. No trabalho e na vida dos outros não me meto, que ganhem os jogos deles se tiverem de ganhar", disse o técnico dos 'encarnados' em conferência de imprensa.

Sobre a atuação do VAR: "Não vou falar muito do videoárbitro, falamos quando há duvidas e quando não há. Passemos à frente. O futebol português não é só vIdeoárbitro."

Sobre Krovinovic: " É um jogador de qualidade, que teve problemas no início o que complicou a integração. A nossa estrutura no meio-campo tem funcionado agora com Fejsa, Pizzi e Krovi, mas temos mais jogadores de fora que podem entrar a qualquer momento. Acrescenta qualidade no último terço, protege bem e raramente perde a bola, é muito intenso em todo o jogo. Tem 21 anos e um futuro risonho pela frente."

Sobre a ausência de Svilar e a necessidade de mais opções para a baliza: "Não pensamos ainda nessas coisas, estamos a meio de dezembro. O Svilar teve problemas ontem e achámos que não era conveniente estar hoje no jogo para não agravar a situação. Pensamos que amanhã poderá treinar normalmente. O Paulo [Lopes] estava disponível e a seguir a ele temos os da equipa B prontos para avançar."

Sobre a defesa de Luís Filipe Vieira: "O que é isso de voto de confiança? O presidente diz o que quer, quando quer. O presidente falou, está falado. Não é uma questão de voto de confiança, e se fosse o que tinha de mais?"

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.