Rui Vitória não se mostra nada preocupado com o FC Porto e com os reforços que este tem garantido para a próxima temporada.

“Sabemos o que estamos a fazer, o caminho que temos de percorrer e temos que olhar sempre para nós em primeiro lugar. Não me assusta nada. Há grandes equipas que não dão nada e outras que acabam por surpreender. Aqui não é o caso, mas só queremos olhar para dentro e ver o que temos de melhorar, acreditando sempre no nosso trabalho”, explicou, em entrevista ao jornal Record.

O treinador inclui o Sporting como candidato ao título, mas não consegue perceber qual dos três grandes parte à frente ou atrás na luta pelo campeonato.

“Não nos podemos esquecer que o Benfica é bicampeão e vai continuar a querer ser líder. Não sei se parte na frente ou atrás, não sou muito dado a percentagens. A não ser quando olho para a posse de bola ou número de remates...Não consigo fazer essa análise, nem quero! Mas diria que os três clubes são candidatos ao título”, revela.

Sobre os objetivos dos encarnados, Rui Vitória diz não existir "uma definição de prioridades", porém coloca a Taça da Liga como a competição menos importante e define a passagem aos oitavos de final da Liga dos Campeões como a meta mínima.

O Benfica tem o primeiro jogo oficial da época no dia 9 de agosto diante do Sporting para decidir o vencedor da Supertaça.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.