Rui Vitória considerou que o Benfica realizou uma exibição "a roçar o perfeito" na deslocação ao Bessa, falando ainda do primeiro golo de Ferreyra com a camisola dos 'encarnados'.

"Não diria que foi uma exibição perfeita, mas quase. Grande qualidade, a tirarmos ao Boavista aquilo em que é forte: segundas bolas e jogo dividido. Condicionámos a estratégia do Boavista. Acutilância na disputa dos lances de grande qualidade, sempre a pôr a bola no meio-campo do Boavista, a criar-lhes muitos problemas. Fizemos uma exibição muito boa que permitiu fazer dois golos, mas merecíamos mais", começou por dizer o técnico.

"A equipa mostrou uma disponibilidade para o jogo que me agradou muito, até parece que não jogámos na Liga dos Campeões na terça-feira", continuou.

"Os golos são importantes para a equipa toda, para sentirmos satisfação e alegria. Ninguém nos dá nada, temos de conquistar a felicidade e hoje quisemos isso. O Ferreyra já merecia um golo e tem feito um trabalho muito grande, tem qualidade em todos os movimentos que faz. Mas ficámos contentes pela qualidade coletiva, que é mais importante que qualquer individualidade", concluiu.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.