Fejsa, Grimaldo, Rúben Dias e Jardel estão em risco de falhar o dérbi com o Sporting em Alvalade, caso vejam cartão amarelo no jogo com o Tondela. Apesar disso, Rui Vitória garante que não fará qualquer poupança frente ao Tondela, a pensar nesse encontro com os rivais da Segunda Circular, da 33.ª jornada.

"Poupanças não é algo que faça parte da minha forma de pensar. Nunca sabemos qual será o jogo difícil. Amanhã jogarão os melhores para aquilo que o jogo nos pode dar. Temos jogadores com limitações e isso pode condicionar. Até alarguei a convocatória. Sobre os amarelos, trata-se de jogadores experimentados. O que pesa é a preparação para o jogo de amanhã. Isso coloca-se a todos os que estão na disputa. Temos um campeonato em que um será campeão e os outros três não. Só pensamos no jogo de amanhã, não pensamos em consequências. Há um jogo para ser ganho, há uma posição para subir na tabela e só pensamos nisso. Essa questão é colocada para qualquer uma das quatro equipas", disse o técnico.

Sobre o jogo com a equipa de Pepa, que está quase a garantir a permanência, Rui Vitória disse esperar dificuldades como em todos os jogos, frente a um adversário que vai jogar sem pressão.

"O Tondela quer matar o borrego com o Benfica? Não é caso virgem. Muitas equipas têm dificuldades connosco no Estádio da Luz. Não é nada do outro mundo para o Tondela, que está a fazer um ano fantástico, já com o objetivo praticamente alcançado, a três jornadas do fim do campeonato. O Pepa e a direção do Tondela e o diretor desportivo Carlos Carneiro, com quem cheguei a trabalhar, estão de parabéns. Vamos encontrar uma equipa que se organiza muito bem e que tem a possibilidade de jogar sem pressão. E isso de jogar com a pressão de conquistar pontos é muitas vezes castrador. O Tondela é uma equipa que se organiza muito bem defensivamente e que sabe o que faz no plano ofensivo. Quando vai para o ataque fá-lo com muito critério. Vão jogar desinibidos, é um adversário difícil. Teremos de ser uma equipa muito consistente, intensa, mentalmente muito forte e a perder o mínimo de bolas possíveis. É um osso duro de roer, mas o Pepa também já reconheceu que é difícil defrontar o Benfica", comentou.

O técnico do Benfica aproveitou a conferência para elogiar Salvio, jogador que saltou do banco para dar a vitória ao Benfica frente ao Estoril, já nos descontos.

"O Salvio é um jogador com muitos anos de casa, um campeão, como muitos outros. O Salvio é persistente, combativo, que já passou por muitas dificuldades na carreira, e quem tem capacidade para superar estes problemas tem de ser um grande jogador, principalmente de cabeça. Amanhã jogarão aqueles que acho que dão mais garantias”, sublinhou.

O Benfica - Tondela, da 32.ª jornada da I Liga, está marcado para às 18h15 deste sábado, na Luz.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.