O treinador português do Al Nassr concedeu uma entrevista ao semanário 'Expresso' onde falou da sua passagem pelo Benfica, os títulos conquistados na Luz, a aposta em jogadores da formação e e os últimos meses à frente do comando técnico dos encarnados.

No final de 2018, Rui Vitória esteve perto de sair do comando técnico do Benfica devido aos maus resultados, mas Luís Filipe Vieira acabou por mantê-lo à frente da equipa até ao início de 2019. Questionado sobre as palavras do presidente do Benfica, que justificou a sua continuidade depois de ter 'visto uma luz', Rui Vitória assume que o melhor "talvez tivesse sido sair nesse mesmo dia".

"Nesse dia, se saísse dessa forma do Benfica, se calhar estava a assinar por outro clube durante a tarde. Olhando agora para trás, talvez o indicado fosse sair. Mas todos quisemos tentar. Sabíamos o que estávamos a fazer, o que tínhamos construído durante três anos. Fiz isto em consciência e hoje faria o mesmo. Aceitei continuar e o clube aceitou que continuasse", afirmou o técnico português.

Rui Vitória sobre Jorge Jesus: "Vivíamos no mesmo condomínio e nunca nos encontrámos"
Rui Vitória sobre Jorge Jesus: "Vivíamos no mesmo condomínio e nunca nos encontrámos"
Ver artigo

"A minha sensibilidade foi: se ainda acredito nisto, não posso deixar o Benfica assim. Vou tentar até ao limite, mesmo que saia daqui prejudicado", acrescentou Rui Vitória sobre o facto de continuado à frente da equipa apesar dos maus resultados.

Questionado sobre outras declarações do presidente do Benfica em que Vieira disse que aos sócios e adeptos que ainda iam ter saudades de Rui Vitória, o treinador português 'puxou dos galões' para falar do trabalho desenvolvido pela sua equipa técnica na Luz.

"Percebo perfeitamente o que o presidente quis dizer, não tem a ver com resultados. E posso falar disto abertamente: tem a ver com o facto de termos mudado um bocadinho o que se falou como o paradigma do Benfica. O que me deu maior sabor foi ir para o Benfica e acreditar na ideia que levava: apostar em jogadores que podia haver na formação, sempre que possível apostar em mais portugueses e conseguir ganhar. Ele acreditava naquela mudança e eu também", sentenciou Rui Vitória sobre o assunto.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.