Naturalmente satisfeito pelo triunfo, Rui Vitória enalteceu a atitude da equipa que conseguiu dar a volta ao texto em Paços de Ferreira.

Análise

"Foi um jogo difícil frente a um adversário que nos causou muitas dificuldades. Entrámos como o tempo, a frio, a andar de devagar, e sofremos um golo numa fase muito inicial. Na primeira parte podíamos e devíamos ter feito um golo. A segunda parte foi quase brilhante. Mudámos a agressividade na disputa das bolas, a objetividade das ações ofensivas. Foi uma vitória justa. fizemos uma segunda parte de grande qualidade."

Elogios ao Paços

"Na segunda parte não quisemos mudar o sistema tático porque acreditámos que podíamos marcar. No primeiro minuto tivemos um lance para golo, mas o Jonas não conseguiu marcar. O Pizzi viu um cartão amarelo, tivemos de reforçar na zona central e os jogadores que entraram estiveram bem. O Paços [de Ferreira] esteve muito bem, valorizou muito a nossa vitória. Mas fomos uma equipa forte."

Alterações

"As substituições tiveram a ver com o facto de o Zivkovic levar um cartão. Errado, a meu ver. Mas o jogo estava a pedir a entrada de um jogador. O Jiménez entrou muito bem e acabou por libertar espaço para o Jonas. Foi mérito dos jogadores. Os campeões fazem-se assim, do sofrimento."

Apoio dos adeptos

"O Benfica foi uma equipa forte. Tivemos do lado de fora do campo os nossos adeptos que estiveram sempre incansáveis, que nos momentos difíceis ajudaram-nos muito. Foi um estádio que nos ajudou bastante, a vitória é de todos os nós. (...) Estamos prontos para a luta, não vão tirar-nos facilmente deste percurso, vamos lutar por este campeonato, isso tenho a certeza."

Veja as declarações de Rui Vitória na flash

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.