Ricardo Sá Pinto respondeu agora a António Salvador, isto depois do presidente do SC Braga ter afirmado que Francisco Trincão não contava para o ex-técnico, que passou pelo comando da equipa entre julho e dezembro de 2019.

"Uma mentira", referiu o antigo jogador em declarações à rádio Renascença.

"É uma mentira grave em relação aquilo que projetámos para o futuro do Trincão. Ele em apenas cinco meses connosco jogou mais do dobro das vezes que tinha jogado no ano anterior. Jogou em quatro competições e foi pela primeira vez titular. Portanto, apostámos claramente no miúdo e jamais pensaríamos em dispensar um jovem talentoso como este."

"Isto é uma grande tristeza minha, em face do que o presidente veio dizer. Ainda para mais quando recebi mensagens do presidente a dizer-me 'mister, parabéns pela confiança que está a dar ao miúdo e tal'. Tenho essas mensagens ainda guardadas", acrescentou.

Sá Pinto diz-se ainda "estupefacto" perante as declarações de António Salvador.

"Estou estupefacto com esta situação. A minha relação pessoal com o presidente sempre foi boa, mas - vou confessar-lhe uma 'coisa' - quando saí do SC Braga disse-lhe que foi uma pessoa que profissionalmente me desiludiu muito. Profissionalmente foi o presidente que mais me desiludiu. Pelas expectativas que criei em relação à liderança dele e também por aquilo que nós nos tínhamos comprometido, em comum, em relação aos objetivos do Braga. E, como sabe, estávamos no caminho certo. Esta desilusão vem na mesma linha e, portanto, não é uma surpresa, infelizmente. Mas que me deixa bastante triste, deixa", acrescentou.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.