Esta é a terceira vez que a SAD do FC Porto recorre à emissão de empréstimos obrigacionistas como forma de se financiar, com os 18 milhões que irão ser postos à disposição dos subscritores a serem remunerados com uma taxa de juro de seis por cento, exactamente a mesma do anterior, informou fonte do clube à agência Lusa.

O período de subscrição decorre de 23 de Novembro a 15 de Dezembro, data em que se vence o empréstimo ainda em vigor, com cada obrigação a ter o valor nominal de cinco euros.

A FC Porto, Futebol SAD emitiu o primeiro empréstimo obrigacionista em 2003 , então no valor de 11,5 milhões de euros, remunerados com a taxa de juro de 5,35 por cento.

A procura dos dois anteriores empréstimos obrigacionistas excedeu a oferta, obrigando a rateio.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.