Tal como o SAPO DESPORTO adiantou ontem, Todd Boehly, proprietário do Chelsea, contactou a SAD do Portimonense, tendo em vista a compra da maioria do capital social do clube.

Contudo, e apesar das avançadas negociações nesse sentido, o interesse parece ter arrefecido devido à posição de Theodoro Fonseca, acionista maioritário do Portimonense.

De acordo com o jornal 'A Bola', o empresário brasileiro mostrou-se intransigente e terá recusado a proposta de Boehly, num negócio que, ao contrário do que foi avançado pelo inglês 'Evening Standard', não teve qualquer intervenção por parte de Jorge Mendes.

"O Theodoro tem paixão pelo Algarve, por isso, já rejeitou no passado propostas para muitos irrecusáveis mas não para ele", referiu uma fonte próxima da situação.

A mesma fonte indicou também que, há cerca de dois anos o 'City Group', grupo detentor do Manchester City, também tentou avançar para a compra do Portimonense.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.