A SAD do Sporting comunicou à Comissão do Mercado dos Valores Mobiliários (CMVM) a redução do seu capital social de 42 para 21 milhões de euros, medida que se insere no projecto de reestruturação financeira do organismo.

“A Sporting SAD, vem informar que, no dia 2 de Dezembro de 2010, se procedeu ao registo comercial da deliberação de redução do capital social da Sporting SAD aprovada na Assembleia Geral da Sociedade de 9 de Setembro de 2010”, refere o comunicado divulgado hoje pela CMVM.

De acordo com o documento, “o capital social passou a ser de 21 milhões de euros, representado por 21 milhões de acções com o valor nominal de um euro cada”, mediante a redução do valor nominal da totalidade das acções representativas do capital social de dois para um euro.

O plano contempla três passos, sendo o primeiro a redução do capital social de 42 milhões de euros para 21 milhões, destinada à cobertura de prejuízos.

Mais tarde, prevê-se novo aumento do capital social de 18 milhões de euros, passando dos 21 milhões para 39 milhões, graças à emissão de 18 milhões de acções com valor nominal de um euro cada para subscrição pública.

A Sporting SAD vai ainda emitir Valores Mobiliários Obrigatoriamente Convertíveis (VMOC) em acções, no montante máximo de 55 milhões de euros, com valor nominal de um euro, com um prazo máximo de cinco anos.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.