Fabiano esteve na sombra de Helton nas duas últimas épocas, mas uma lesão do compatriota permitiu-lhe agarrar a titularidade. Numa entrevista à revista brasileira ‘Placar’, Fabiano diz que substituir Helton é um privilégio.

“Se é um motivo de pressão extra? Para mim é um ponto positivo e fico muito feliz por substituir um atleta de grande importância no clube e no cenário mundial. Isso só me motiva cada vez mais para estar em alto nível e à altura dele”, adiantou.

Sobre uma possível saída para um clube de maior nomeada, o guardião de 26 anos diz não pensar nisso, pois considera que já se encontra num clube de grande dimensão.

“Não penso nisso. Já estou num grande clube, que está sempre a disputar as grandes competições e que tem uma grande estrutura. Isso deixa-me feliz e orgulhoso”, concluiu.

Fabiano chegou a Portugal para representar o Olhanense (2011/12) e deu o salto na época seguinte para o FC Porto.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.