No seu site oficial, os "leões" dão também conta da renovação do contrato de quatro dos seus jogadores jovens: Amido Baldé (até 2013, estava no Badajoz e é emprestado ao Cercle Brugge), Wilson Eduardo e André Martins (2014) e José Lopes (2016).

Saem de Alvalade temporariamente por um ano, além de Salomão, Pongolle e Baldé, Nuno Reis e Renato Neto, também para o Cercle Brugge, Cédric Soares, para a Académica, Celsinho, para o Targu Mures (Roménia), e Eric Dier, para o Everton (Inglaterra).

Pongolle, 26 anos, e contratado a meio da época 2009/2010 ao Atlético de Madrid, continua sem se conseguir impor em Alvalade. Começou a última época no Sporting, mas acabou-a no Saragoça de Espanha.

O jogador, que tem uma cláusula de rescisão de 18 milhões de euros, tem feito praticamente toda a sua carreira fora de França, apenas tendo jogado na Liga gaulesa em 2001/2002 e 2002/2003 no Le Havre.

O astivo mais valioso - cláusula de rescisão de 30 milhões - emprestado para a nova época é, no entanto, o jovem Diogo Salomão, de 22 anos, que só jogou um ano no clube e agora vai rodar na Liga espanhola.

Celsinho, defesa brasileiro de 22 anos, também não faz parte das contas de Domingos Paciência. Chegou a Alvalade em 2007/2008 e depois foi emprestado ao Estrela da Amadora, Portuguesa (Brasil) e, agora, ao Targus Mures.

Cédric Soares, que na sua primeira época como sénior não foi opção para a equipa técnica leonina - só fez dois jogos - é o único emprestado para outro clube da liga portuguesa, a Académica de Coimbra.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.