Andreas Samaris falou aos jornalistas após mais um treino do Benfica nos Estados Unidos, onde a equipa está a fazer parte da pré-temporada. O médio grego fez questão de deixar uma mensagem aos elementos mais novos da equipa 'encarnada'.

"Se o meu exemplo serve para alguma coisa é para verem que têm de ter paciência. Se eu com 29 anos, que era a idade que tinha, continuei a trabalhar da mesma forma, não perdi o foco... O importante é o Benfica ganhar. Um jogador pode ficar seis anos ou seis meses, é a mesma coisa, o mais importante é o Benfica ganhar. Há muita coisa que se pode passar, mas mais importante é mentalidade de ganhar, estamos numa equipa que quer ganhar títulos. Depois pode haver coisas mais pessoais", disse o jogador.

Samaris assegurou, ainda, que o facto de ter renovado com o Benfica no final da época passada “não tem nada a ver com a titularidade ou com ficar no banco”.

"A renovação tem a ver com coisas que a equipa e a direção viram em mim, gostaram e queriam manter-me. Cada jogador luta pela titularidade em campo", garantiu.

"O Benfica tem bons jogadores, seja na minha ou em todas as posições, a qualidade é enorme e vai-nos ajudar a ter mais soluções durante a época, não importa quem é ou não titular, o que importa é que o Benfica ganhe", vincou.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.