O Benfica goleou o Santa Clara por 5-0 e fica confortavelmente sentado no sofá a ver o clássico de daqui a pouco. Darwin (2), Rafa, Rodrigo Pinho e Yaremchuk assinaram os golos que deixam os encarnados com cinco vitórias em cinco jogos na Primeira Liga, que lideram.

Com novidades no setor ofensivo, o Benfica encontrou pela frente um Santa Clara bem organizado defensivamente e a criar bastantes dificuldades à equipa de Jorge Jesus. Mesmo com o Benfica a tantar atrair os açorianos mais à frente, a organização açoriana ia-se mantendo e dando frutos, com a equipa da casa a chegar ao último terço com perigo para a baliza de Vlachodimos.

O primeiro grande aviso chegou aos 25 minutos, com Cryzan, após canto, a ver a bola parar à sua frente, contudo, o jogador acabou por escorregar e não conseguiu o remate. Minutos depois, lance polémico com Vlachodimos a atingir Mansur à entrada da grande área. Rui Costa mostrou o amarelo ao guardião, mas os açorianos ficaram a pedir mais.

Na sequência do lance, Lincoln atirou a bola à trave da baliza do Benfica. O médio brasileiro voltou a criar perigo aos 41 minutos, obrigado Vlachodimos a mostrar serviço e atirar para canto, evitando o golo de um Santa Clara que se mostrava superior aos encarnados na partida.

Contudo, e apesar da melhor fase dos açorianos, foi mesmo o Benfica a chegar ao golo nos últimos minutos da primeira parte, no primeiro remate enquadrado das águias na partida. Rodrigo Pinho, que se estreou a títular com a camisola do Benfica, apareceu sobre a esquerda para, após passe de Grimaldo, 'fusilar' Marco e apontar o primeiro dos encarnados, que mostravam uma eficácia de 100 por cento.

O segundo tempo começou com Rafa a entrar para o lugar de Rodrigo Pinho e com um Benfica em melhor forma, não precisando de esperar tanto para chegar ao golo. Desta vez, os encarnados precisaram de menos de 10 minutos para marcar com Darwin, após um passe açucarado de Everton, a colocar o esférico no fundo das redes aos 53 minutos.

Os encarnados ficavam confortáveis no encontro, mas não precisavam de muito para ficarem ainda mais satisfeitos e com direito a golo 'esfrondoso': Rafa, ainda 'fresco', viu-se de frente para a baliza ainda fora de área, sem oposição, e disse "vai já daqui", deixando Marco pregado ao relvado e apontando um golaço nos Açores aos 58 minutos.

A comporta da barragem dos golos estava aberta e Darwin, aos 62 minutos, voltou a 'molhar a sopa', beneficiando de um desvio do esférico num adversário que enganou o guarda-redes adversário.

O Santa Clara estava perdido na partida depois de uma primeira parte de grande nível e começava a sentir o peso do marcador, acabando por voltar a sofrer aos 68 minutos, desta vez por Yaremchuk, que tinha acabado de entrar.

O Benfica continuou por cima, mas não voltou a marcar, garantindo os três pontos antes do clássico de daqui a pouco. Com este resultado, o Benfica soma 15 pontos na liderança do campeonato e fica à espera para ver qual a vantagem no final da jornada.

*Artigo corrigido às 20h30

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.

Ajude-nos a melhorar o SAPO Desporto