Na conferência de imprensa de antevisão do jogo do Benfica diante do Farense, marcado para esta sexta-feira no Estádio da Luz, Roger Schmidt foi questionado acerca das contratações de Arthur Cabral e David Jurásek, jogadores que levaram os encarnados a desembolsar, ao todo, 34 milhões de euros, e que tardam em justificar o investimento realizado.

O técnico alemão explicou o processo de contratações do clube da Luz, e o seu envolvimento no mesmo, sublinhando que a decisão final sobre qualquer aquisição pertence sempre do clube.

"A última decisão é sempre do clube, mas eu sou o treinador e é algo que fazemos sempre em conjunto, tentando apurar quais os jogadores que encaixam aqui. É uma questão de orçamento também. Acabamos sempre por tomar estas decisões em conjunto, mas a última é sempre do clube", afirmou o germânico.

Arthur Cabral conta com quinze jogos oficiais ao serviço do Benfica esta época, cinco dos quais como titulares, tendo marcado, até ao momento, dois golos. Já Jurásek alinhou em dez encontros dos encarnados, três enquanto titular,

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.