Depois de ver a sua equipa derrotada por 1-0 na receção ao rival Sp.Braga, João Henriques, treinador do V.Guimarães, lamentou o facto de os vimaranenses não terem podido contar com o apoio de adeptos nas bancadas.

O técnico dos vimaranenses enviou mesmo algumas farpas ao governo e às autoridades responsáveis, pelo facto de no mesmo dia, no Autódromo do Algarve, terem estado mais de 27 mil pessoas a assistir ao Grande Prémio de Portugal de Fórmula 1.

"Nós queremos trazer os adeptos para nós. Já são o que são, diferenciados de todos os outros, e ainda queríamos trazê-los para nós com as nossas exibições. Com eles hoje a primeira parte poderia ter sido diferente. Por vezes precisamos de sangue. Fomos coxos para o jogo sem adeptos? Sim!", começou por sublinhar, antes de aludir ao que se passou no Algarve.

"Entrámos coxos sem os nossos adeptos, mas somos humanos e não carros de Fórmula 1; se fossemos carros de Fórmula 1, o estádio estava cheio, mas como somos pessoas…", criticou.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.