O FC Porto iniciou hoje a defesa do título de campeão da I Liga portuguesa de futebol com uma goleada em casa sobre o Desportivo de Chaves, por 5-0.

No final da partida, Sérgio Conceição elogiou o arranque mortífero dos 'dragões'.

"Foi a entrada que queríamos, à imagem da época passada: uma equipa pressionante, a reagir rápido à perda a bola e a não dar espaço ao adversário. Com mais agressividade ofensiva ainda poderia ter sido um resultado mais volumoso, mas é de enaltecer o trabalho de todo o grupo, muito comprometido. É dar continuidade ao que foi feito a época passada. Temos de fazer mais e melhor que na época passada para ganhar", disse o técnico à SportTV.

Ausência de Marega: "O grupo é forte, temos gente que quer trabalhar, que me dá uma resposta diariamente, adequada à minha exigência. Eles já sabem, há um conhecimento de como eu sou e o clube é. Quando é assim, os jogadores que estão verdadeiramente comprometidos têm ambição e paixão pelo que fazem, havendo respeito muito grande por todos."

Onze escolhido: "São as escolhas que faço, em função das respostas que os jogadores me dão e da estratégia. Felizmente, correu muito bem outra vez. O Marius entrou bem, o Adrián muito bem... Se posso apontar um pouco de desilusão da minha parte foi pelo Adrián não ter feito golo naquela ocasião, mas o guarda-redes fez uma excelente defesa."

Vídeo da conferência de imprensa

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.