O avançado camaronês do FC Porto revelou à revista 'Dragões' a razão pela qual recuou na intenção de não regressar a Portugal após o empréstimo ao Besiktas.

Em entrevista à publicação do FC Porto, Vincent Aboubakar falou da forma como tinha sido tratado por Nuno Espírito Santo, e como Sérgio Conceição foi determinante para o seu regresso ao Dragão.

"Sim, é verdade que disse isso [de que não voltaria a vestir a camisola do FC Porto enquanto Nuno Espírito Santo fosse o treinador]. Porque a forma como o treinador anterior me tratou tocou-me muito. Ele fez uma escolha e eu saí. E, de facto, quem me motivou a vir foi o novo treinador, que me telefonou, incentivou-me, mostrou que queria muito contar comigo, deu-me uma grande motivação, passou uma mensagem de confiança para que me sentisse integrado no projeto", começou por dizer Aboubakar.

"Na verdade, não mudámos só de treinador, mudamos muitas outras coisas e penso que o FC Porto vai fazer grandes coisas esta temporada", acrescentou Aboubakar à referida publicação.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.