O FC Porto manteve hoje a liderança da I Liga portuguesa de futebol, ao vencer em casa do Boavista, por 3-0, em jogo da 10.ª jornada.

O camaronês Vincent Aboubakar (50), o maliano Moussa Marega (80) e o argelino Yacine Brahimi (86) marcaram os golos dos ‘dragões’, que passaram a somar 28 pontos, mais dois do que o Sporting e cinco do que o Benfica, que já tinham vencido nesta ronda.

No final do encontro no Estádio do Bessa, Sérgio Conceição assumiu algumas dificuldades na primeira parte, mas considerou o resultado justo

"Sabemos que nem todos os jogos pode ser 3, 4-0. Quando corre menos bem, não me refugio na posse de bola, como vejo muitos treinadores a fazer. Tivemos menos posse de bola em Vila do Conde, mas podia ter acabado 5-1. Ontem, vimos um rival sofrer muito para levar pontos de Vila do Conde", começou por dizer Sérgio Conceição em declarações à Sport TV.

"Ouvi e li que éramos uma equipa que fazia muitas faltas e que utiliza a agressividade. Isto é um jogo para nós. Nós somos uma equipa de campeões e hoje tivemos um rival à nossa altura, a disputar a primeira bola e as segundas bolas. Com o decorrer do jogo, conseguimos um resultado muito importante, onde um dos nossos rivais já perdeu pontos", acrescentou Sérgio Conceição.

"Estou muito satisfeito com todos os jogadores. Temos um grupo muito competitivo, todos estão com grande vontade de ser protagonistas, por isso também envio a um grande abraço a quem não teve oportunidade de entrar, assim como a todo o mar azul que esteve aqui presente", sentenciou o técnico do FC Porto.

O Boavista, que somou a primeira derrota no campeonato desde a entrada do treinador Jorge Simão, à sexta jornada, ocupa o oitavo posto, com 13 pontos.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.