O Sindicato dos Jogadores Profissionais do Futebol (SJPF) apresentou esta quinta-feira a 13ª edição do Estágio do Jogador, uma iniciativa que visa proporcionar uma preparação física adequada e a possibilidade de valorização de jogadores que se encontrem atualmente sem contrato.

O presidente do SJPF, Joaquim Evangelista, frisou a importância deste projeto no combate a um problema que afeta atualmente muitos jogadores portugueses: o desemprego.

Para além da luta ao flagelo social do desemprego, o líder sindicalista classificou a iniciativa de 'matriz social' por permitir formação profissional e aquisição de competências para uma maior qualificação dos atletas após o final das respectivas carreiras.

Joaquim Evangelista apresentou também na sede do organismo as últimas actualizações no Portal do Jogador, uma plataforma que pode servir de intermediário entre jogadores e agentes desportivos como treinadores, clubes e empresários de forma a facilitar a comunicação de ofertas de emprego.

A organização do 13º Estágio do Jogador vai ter a coordenação e o apoio de Joaquim Evangelista. José Carlos, Ranque Franque e Joaquim Rebelo. Para a edição de 2015, Joaquim Evangelista apresentou ainda um reforço de peso: Luís Boa Morte. O antigo internacional português vai apadrinhar o projeto desde ano que terá início em 29 de junho e termina a 31 de agosto.

Lisboa e Porto vão acolher os treinos que serão diários e terão lugar nas manhãs de segunda a sexta-feira, entre as 9 e as 11h30.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.