Declarações de João Palhinha, médio do Sporting, e Jesus Corona, extremo do FC Porto, à Sport TV, no final do empate entre Sporting e FC Porto.

Análise ao jogo: "Foi difícil, complicado e muito intenso. Fizemos uma segunda parte muito boa, reagimos bem à desvantagem. A equipa está de parabéns por não ter desistido. A melhoria na segunda parte foi clara. Acredito que esta época será surpreendente, porque o plantel tem qualidade."

Atitude da equipa: "Dar o nosso máximo, com atitude, em todos os jogos que faltam e o resto acontece naturalmente."

Já Corona, autor do segundo golo do FC Porto, estava frustrado por ver fugir os três pontos

Resultado é justo? "Não estamos contentes com o resultado final, julgo que merecíamos ganhar a partida. Agora, resta apenas trabalhar e vamos analisar o que fizemos bem e mal e tentar corrigir."

Objetivos pessoais para esta época: "Não tenho objetivos pessoais, quero só ajudar a defender o que é nosso: o campeonato. Quanto à minha dedicatória nos festejos, a minha mulher e o meu filho fizeram hoje anos e, por isso, quis dedicar-lhes o golo."

O Sporting e o campeão FC Porto empataram, este sábado a dois golos, em encontro da quarta jornada da I Liga portuguesa de futebol, disputado à porta fechada no Estádio José Alvalade. Nuno Santos, aos nove minutos, e o argentino Luciano Vietto, aos 87, marcaram os tentos dos ‘leões’, enquanto o colombiano Uribe, aos 25, e o mexicano Corona, aos 45, faturaram para os ‘dragões’, que somaram o segundo jogo sem vencer.

Na classificação, o FC Porto e o Sporting, que tem menos um jogo disputado, mantiveram-se igualados, com sete pontos, provisoriamente a dois do líder Benfica, de visita no domingo ao reduto do Rio Ave.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.