O lateral-direito João Pereira estava equipado e pronto para dar o seu contributo à equipa do Sporting. Contudo, o árbitro olhou para a mão de João Pereira, que estava ligada, e disse-lhe algo. O jogador acabou por abandonar o relvado em direção ao balneário.

Devido ao atraso na hora do jogo, o árbitro Marco Ferreira não teve contemplações e acabou por dar início à partida com apenas 10 leões em campo.

João Pereira acabou por pisar o relvado quando já estavam decorridos quatro minutos do encontro. Mais uma situação insólita do futebol português 

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.