O Sporting de Braga está "convicto" de que voltará a ter público no seu estádio ainda no que resta da temporada futebolística 2019/20, que retoma na sexta-feira, revelou hoje o seu presidente, António Salvador.

Numa mensagem dirigida aos sócios e adeptos do clube, António Salvador deixou "uma conclusão em jeito de objetivo”, afirmando que “ganhar, nesta altura, não é só marcar mais um golo do que o adversário, ganhar é demonstrar a todo o país que o futebol tem agentes e adeptos com responsabilidade social".

"Só assim podemos alcançar a outra vitória pela qual lutamos: o regresso dos adeptos aos estádios. Estou convicto, e por isso defino esta meta em nome de todo o grupo de trabalho e em nome do Sporting de Braga, de que voltaremos a ter o nosso público no estádio ainda no que resta desta temporada. A par dos objetivos desportivos, que são muito claros e que vamos perseguir com todas as nossas forças, é essa a grande ambição que me move e que muito lutarei para concretizar", pode ler-se.

Para António Salvador, "é imperioso que o futebol transmita uma imagem de rigor e de confiança, porque é sabido que esta retoma das competições se fará sob imenso escrutínio das autoridades sanitárias e que só uma resposta competente e cabal pode permitir que voltemos a ter, tão depressa quanto possível, aquele que é um dos elementos essenciais ao jogo, que é o seu público".

O líder ‘arsenalista' frisou o "imenso desafio coletivo, que implicou perdas e cedências", que os "últimos três meses" constituíram, numa referência à pandemia de covid-19 que interrompeu o campeonato em meados de março.

"Tem sido uma batalha tremenda, que felizmente temos sido capazes de superar, mas que ainda não pode ser dada por concluída e, por isso, exige de todos nós um compromisso e uma resiliência inquebrantáveis", nota.

Frisando a "importância que o regresso do futebol tem para o setor, para a sociedade e para o país", António Salvador alertou que "seria muito difícil de compreender que o futebol não conseguisse demonstrar os níveis de organização que têm permitido o regresso de tantos outros setores".

O dirigente lembrou os "tempos conturbados e com sinais inquietantes transmitidos pelo modelo governativo do nosso campeonato, revelando fragilidades que o Sporting de Braga tem denunciado ao longo dos últimos anos, de forma independente e atendendo unicamente à urgência de fazer evoluir o futebol nacional".

"Seremos, como sempre fomos, intransigentes na defesa das nossas posições, sem lóbis e sem alinhamentos que não sejam apenas e só a defesa do Sporting de Braga", diz.

O Sporting de Braga, terceiro classificado com 46 pontos, defronta o Santa Clara, 10.º, com 30, a partir das 19:00 de sexta-feira, na Cidade do Futebol, em Oeiras, em jogo da 25.ª jornada da I Liga.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.