O FC Porto pode reforçar no sábado a liderança da I Liga de futebol e estabelecer novo recorde de vitórias consecutivas no estádio do Sporting, que tenta evitar o afastamento prematuro da corrida ao título, logo à 17.ª jornada.

Um triunfo no estádio José Alvalade permitirá à equipa treinada por Sérgio Conceição conquistar o 19.º triunfo seguido, em todas as competições, superando o máximo estabelecido pelo Benfica na época 2010/11, sob o comando técnico de Jorge Jesus, e igualado na segunda-feira, com o sucesso na receção ao Nacional, por 3-1.

O campeão nacional e líder destacado do campeonato desloca-se ao estádio do Sporting numa altura em que a equipa lisboeta está a atravessar a pior fase desde que o treinador holandês Marcel Keizer substituiu José Peseiro, tendo sofrido duas derrotas nos últimos três jogos na I Liga, que atirou os 'leões' para o quarto lugar, a oito pontos do FC Porto.

Enquanto os portuenses darão mais um passo firme em direção ao bicampeonato, caso se imponham no clássico -- o empate não deixa de servir os interesses dos 'azuis e brancos' -, uma derrota deixará o Sporting praticamente 'KO' na luta pelo título nacional, que lhe escapa desde 2002, quando ainda faltará disputar toda a segunda volta da prova.

Mesmo uma igualdade colocará os 'leões' em posição muito fragilizada para atingir um objetivo que no início da época pareceu ainda mais distante, em consequência do ataque à Academia de Alcochete por parte de um grupo de adeptos, que agrediu jogadores, treinadores e outros funcionários, esteve na base da destituição do presidente Bruno de Carvalho e da realização de eleições antecipadas.

Além dos 'dragões', o Sporting precisará de recuperar terreno em outras duas frentes, uma vez que na jornada passada perdeu em Tondela (2-1) e foi ultrapassado pelo Sporting de Braga e o Benfica, também a viver dias conturbados, com a rescisão do treinador Rui Vitória e a substituição pelo interino Bruno Lage, ficando a dois e um ponto de distância dos rivais, respetivamente.

Do topo da classificação, com seis pontos de vantagem sobre os 'arsenalistas' e sete sobre 'encarnados', o FC Porto entrará em campo com a defesa recomposta pelo regresso do central Felipe, após ter cumprido um jogo de suspensão, e reforçada pela contratação do internacional português Pepe, apesar de os avançados Aboubakar e Otávio continuarem a recuperar de lesões.

No Sporting, a notícia mais animadora dá conta do regresso aos treinos, sem limitações, do avançado holandês Bas Dost, segundo melhor marcador da prova, com 10 golos, e ausência mais notada em Tondela, mas a equipa 'leonina' terá de encontrar substituto para o argentino Acuña, suspenso, depois de ter completado uma série de cinco cartões amarelos no jogo anterior.

A história recente não favorece o FC Porto, que conquistou a última vitória no reduto sportinguista na distante época 2008/09, contabilizando todas as competições, tendo mesmo perdido três dos últimos quatro jogos, com um empate 0-0 na oitava jornada da temporada passada de permeio, resultado que Sérgio Conceição talvez não desdenhasse para o próximo confronto.

O encontro entre o Sporting e o FC Porto, da 17.ª ronda da I Liga, última da primeira volta, disputa-se no sábado, com início a uma hora pouco habitual para um clássico, às 15:30, no estádio José Alvalade, em Lisboa.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.