Na luta pelo título de melhor marcador do campeonato nacional, Pedro Gonçalves tornou-se esta temporada uma das peças essenciais na equipa de Rúben Amorim e, como tal, é uma das prioridades do Sporting para a próxima época.

De acordo com o jornal desportivo Record, os leões não querem vender Pedro Gonçalves, muito pelo contrário. O objetivo dos responsáveis do Sporting é fazer algumas melhorias ao contrato do jovem avançado.

Assim sendo, a referida fonte avança que o salário de Pedro Gonçalves deve passar dos cerca de 500 mil euros para os 700 mil euros. O que se traduz num ganho de 1,4 milhões de euros brutos por ano.

Além disso, a cláusula de rescisão do avançado português deve passar dos 60 para os 80 milhões de euros. A duração do contrato também deve sofrer alterações, passando a ser válida até 2025, ou seja, por mais uma temporada.

Recorde-se que Pedro Gonçalves, também conhecido por Pote, chegou ao Sporting no verão passado, proveniente do Famalicão. Em 36 jogos, o jovem avançado apontou 20 golos e discute com Seferovic, do Benfica, o prémio de melhor marcador da I Liga. As boas exibições e o pé quente de Pote atraíram clubes interessados como foi o caso de Manchester United, Liverpool e Juventus.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.