O Sporting pretende manter o seu grupo intacto e mesmo o mercado de janeiro pode significar que não vai haver mudanças nos jogadores chaves de Jorge Jesus.

De acordo com a edição desta quarta-feira do jornal A Bola, o clube leonino não pretende abdicar de Bas Dost por menos de 60 milhões de euros na abertura do próximo mercado de transferências.

Numa altura em que o Everton está a ser associado ao avançado holandês, surge a posição do clube leonino que tudo fará para continuar com Bas Dost no seu plantel. A conquista da Primeira Liga é a prioridade absoluta do Sporting para esta temporada e tanto Bruno de Carvalho como Jorge Jesus acreditam que o holandês é fundamental para chegar a esse objetivo.

Assim, qualquer proposta por menos do que os 60 milhões da cláusula de rescisão serão rejeitados pela estrutura leonina. Em sentido inverso, dificilmente o Everton vai avançar com esse valor pelo jogador dos ‘leões’.

Bas Dost tem sido a principal referência ofensiva do Sporting apesar de não estar a ter uma temporada tão ‘rica’ em golos como no ano passado. Na última temporada, o holandês foi ‘bota de prata’ da Europa apenas atrás de Messi com 36 golos marcados. Este ano, soma cinco em 12 encontros com a camisola do clube leonino.

O Sporting não conta no seu plantel com um suplente direto para Bas Dost. O mais semelhante é Seydou Doumbia, mas Jorge Jesus vê outro tipo de capacidades no costa-marfinense. Para além destes dois jogadores, Gelson Dala, Alan Ruiz e Daniel Podence também surgem como hipóteses para jogar na frente de ataque.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.