Este é o ´leão` mais frágil dos últimos dez anos. A equipa de Jorge Jesus leva 11 golos sofridos em todas as provas esta época. Na Liga já encaixou nove golos nas primeiras sete jornadas, algo que não acontecia desde 2005/2006.

O Sporting iniciou bem a época e só sofreu golos a 4ª jornada, na receção ao FC Porto, na vitória por 2-1. Depois a equipa de Jorge Jesus voltou a fazer um jogo limpo, na vitória por 3-0 ante o Moreirense.

Mas tudo mudou em Madrid. No primeiro jogo da Liga dos Campeões, veio a primeira derrota da época por 2-1 frente aos atuais campeões europeus.

De lá para cá, a formação de Jorge Jesus só não sofreu golos frente ao Legia. Perdeu 3-1 com o Rio Ave fora, venceu o Estoril por 4-2 em casa e empatou 3-3 fora com o V. Guimarães. Antes, tinha batido o Legia por 2-0. Nos últimos cinco jogos, o Sporting encaixou dez golos, todos eles sofridos nos últimos 20 minutos dos jogos.

A dupla de centrais formada por Coates e Rúben Semedo não tem estado tão bem como no ano anterior. Na época passada o duo fez 12 jogos na época passada e, com eles, o Sporting sofreu sete golos. Esta temporada já são 11 golos em apenas oito jogos.

Mas os problemas defensivos do Sporting não são de agora. Já na pré-época o Sporting tinha dado sinais de fragilidade. Nos nove jogos que fez na pré-época, o Sporting marcou 17 golos e sofreu 19. Venceu dois, empatou outros dois e perdeu cinco.

Se juntamos todos os encontros, entre pré-época e jogos oficiais, chegamos aos 31 golos sofridos em 19 jogos.

Jorge Jesus já expressou, mais que uma vez esta época, a sua preocupação com o sector defensivo. O técnico deve aproveitar a paragem no campeonato para centrar-se nesse aspeto, de forma a ajudar a equipa a corrigir os erros.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.