A administração do Sporting iniciou um processo de despedimento coletivo e que vai atingir mais de 50 funcionários.

Depois de numa primeira fase ter tentado a negociação direta das rescisões dos contratos, tendo chegado a acordo com alguns funcionários, segue-se agora o despedimento coletivo, numa ação que, adianta A Bola, está a deixar Bruno de Carvalho angustiado.

De acordo com o jornal, o presidente garantiu que este vai ser um processo conduzido com a máxima dignidade e respeito, tendo mesmo colocado à disposição dos trabalhadores visados uma equipa de especialistas em Direito do Trabalho.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.