O Paços de Ferreira conseguiu uma importante vitória no terreno do Tondela, em jogo da 28.ª jornada da Primeira Liga. No Estádio João Cardoso, o brasileiro Douglas Tanque foi a figura do jogo, ao marcar dois dos três golos dos 'castores', na vitória por 3-1. A equipa de Pepa dá um grande salto na tabela e sobe do 16.º para o 12.º agora com 31 pontos.

No jogo que marcou o regresso de Pepa ao João Cardoso, o ex-técnico do Tondela acabou por levar à melhor sobre a sua antiga equipa, num jogo encontro onde os 'castores' foram 'letais' no contra-ataque.

Os 'castores', que vinham de uma importante vitória no terreno do Belenenses SAD, marcaram logo aos dez minutos por intermédio de Douglas Tanque. O avançado brasileiro aproveitou um passe de Pedrinho e fez o 1-0. Um golo que teve de ser confirmado pelo VAR.

Sempre em contra-ataque, o Paços de Ferreira ia criando perigo e era a equipa mais perto de marcar, apesar de jogar fora. Aos 17 minutos, Hélder Ferreira ficou muito perto do 2-0, num 'chapéu' que quase não surpreendia Cláudio Ramos, já fora da baliza.

No derradeiro minuto do primeiro tempo, chegou o 2-0, num grande lance de contra-ataque. A jogada nasce depois de um canto dos de Natxo González, a bola chegou a Pedrinho que lançou Douglas Tanque em profundidade. O brasileiro correu, puxou a bola para o pé esquerdo e disparou uma 'bomba' que só parou no fundo da baliza do guarda-redes Cláudio Ramos.

Ao intervalo, os dois técnicos fizeram uma mexida cada: no Paços entrou Zé Uilton no lugar do lesionado Hélder Ferreira, no Tondela Petkovic deu o lugar a Ricardo Valente.

A equipa do Tondela continuou à procura de um golo que os relançasse na discussão do resultado. Golo que poderia ter chegado aos 57 minutos mas Richard acabou por falhar de forma escandalosa. Um dos falhanços do ano. Pité disparou de fora da área, Ricardo defendeu para a frente, Ronan recuperou a bola e serviu Richard para um remate para fora, com a baliza à sua frente.

Um falhanço que seria castigado com o terceiro golo do Paços de Ferreira. Após canto, Pedrinho remato de fora da área, a bola sofreu desvios em Philipe Sampaio e em Yohan Tavares e traiu Cláudio Ramos.

O Tondela ia tendo mais bola, o Paços as melhores oportunidades, principalmente em contra-ataque. Num contra-golpe perigoso aos 69 minutos, Denis Júnior atirou ao poste. Aos 73, o avançado perdeu no duelo com Cláudio Ramos em mais um contra-ataque.

De tanto procurar, o Tondela marcou mesmo, aos 88 minutos, de grande penalidade. Jorge Silva jogou a bola com a mão na área, o árbitro Hugo Miguel assinalou grande penalidade que João Pedro converteu.

Com esta vitória, o Paços de Ferreira soma o seu segundo triunfo consecutivo no campeonato e sobe provisoriamente ao 12.º lugar, com 31 pontos, enquanto o Tondela, que vai na segunda derrota consecutiva, é 15.º, com 29 pontos, cinco acima da zona de despromoção.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.