"Não é difícil fazer uma análise áquilo que foi o jogo. Entrámos bem no jogo, tivemos três situações de golo, o Rio Ave acaba por ter um lance do Yazalde em que manda uma bola ao poste. E depois partir daquele lance o jogo obrigatoriamente teve de passar a ser outro em virtude da expulsão e do pénalti assinalado a favor do Rio Ave. Esse lance acaba por marcar o jogo, por termos de jogar com 10 jogadores, com uma equipa difícil de jogar aqui, com um campo difícil, sabíamos perfeitamente das dificuldades que teríamos", disse após o encontro.

Em referência ao lance que levou à expulsão do jogador bracarense, Domingos Paciência sublinhou que não era grande penalidade. "O Yazalde acaba por tirar partido e lança-se na frente do Moisés e não fez falta nenhuma da mesma forma que o Sílvio numa situação idêntica o árbitro não marcou qualquer falta nesse lance”, frisou.

Domingos realçou também que, na segunda parte, quando o Braga tentava chegar à vantagem, “no primeiro lance em que o Rio Ave vai à baliza faz um golo”

“Muda tudo. Acaba por tirar confiança e o Braga acaba por perder um jogo. Não digo que não seja justo mas houve muitas situações ingratas que dificilmente nos levaria à vitória porque da forma como este jogo correu era extremamente difícil", acrescentou o treinador bracarense.

Em relação ao 4º lugar do Sp. Braga na classificação geral, Domingos diz que a equipa vai continuar a lutar pelos seus objectivos e "estar nos 4 primeiros lugares já é um objectivo cumprido".

"Vamos continuar a trabalhar, sei perfeitamente que podemos fazer mais e melhor do que o que fizemos hoje e esperemos que não haja mais jogos destes", rematou Domingos

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.