Em dia de eleições para a presidência da LPFP (Liga Portuguesa de Futebol Profissional), ocorreu um acontecimento inusitado à porta da sede do organismo.

O presidente do Gil Vicente, António Fiúza, falava à comunicação social quando passaram atrás de si três dirigentes do V. Setúbal que lhe disseram algo. O dirigente gilista reagiu de pronto, acusando os sadinos de incumprimento das suas obrigações fiscais.

“Vergonha são vocês (…) Não pagam a ninguém e andam armados em chico-espertos. Tenham vergonha. Expliquem ao povo como é que conseguiram as certidões", afirmou António Fiúza.

Recorde-se que a Comissão Executiva da Liga levantou a proibição que tinha sido imposta ao V. Setúbal para inscrever jogadores, uma vez que o clube entregou as necessárias certidões que demonstram que tem a situação com as finanças e segurança social regularizadas.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.