José Peseiro está à espera de ser convidado para orientar clubes portugueses que tenham um projeto aliciante em mãos, e em entrevista à Rádio Renascença diz mesmo que já rejeitou ofertas de outros emblemas à espera de convites nacionais.

«É natural que não tendo vencido a Liga portuguesa e a Taça UEFA pelo Sporting o queria fazer ainda por um clube português. Com outras oportunidades tenho condições para ganhar títulos. Neste momento só me passa pela cabeça orientar clubes que possam lutar por títulos em Portugal. Já tive muitas ofertas, que não aceitei porque estou à espera de julho. Até lá vou estar com vontade que apareça o projeto que tanto ambiciono.»

A propósito do Sporting, Peseiro reconhece o bom trabalho desenvolvido por Sá Pinto.

«Tem de se valorizar o trabalho de Sá Pinto. Ele tem também um envolvimento na família sportinguista que lhe dá pontos. Mas uma equipa para ser candidata assumida ao título tem de ter uma abordagem ao jogo mais ofensiva, que não passe só por defender, e esse é o grande desafio de Sá Pinto para a próxima época.»

A terminar, Peseiro considerou ainda que foi do Benfica o melhor futebol praticado esta temporada.

«O FC Porto teve mais pontos, foi mais consistente e eficaz, mas relativamente à produção e qualidade de jogo, o Benfica demonstrou muitas vezes ser a equipa que melhor futebol praticou.» 

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.