Luís Miguel Brito Garcia Monteiro, mais conhecido no mundo do futebol como Miguel, jogador retirado das competições oficiais em 2012, pode voltar agora a jogar.

Depois de ter começado a treinar com a equipa do Sindicato de Jogadores, Miguel pretende voltar a jogar de forma profissional e revela ter propostas de alguns clubes.

“Não jogo há dois anos porque não quero. Se quisesse jogar tinha vários clubes para jogar, só que os projetos e as coisas que me apareceram não eram nada do meu agrado e decidi não jogar. Estamos num a fase de negociações. Posso dizer que uma delas é de Hong Kong e a outra é de uma equipa da Tailândia. Há mais uma possibilidade, mas não é nada certo ainda”, disse, em declarações à TVI.

Aos 34 anos, Miguel explicou ainda que o seu problema é o excesso de peso, assim como a falta de coordenação e reacção, razões que o levaram a juntar-se à formação do Sindicato de Jogadores. “Há certos movimentos que já não fazia há algum tempo. Uma coisa é jogar à bola, capacidade física até tenho, mas há certas coisas, como a coordenação, reação que vão demorar uns quinze/vinte dias para ficar bem”, explico depois.

Esta quarta-feira Miguel volta à competição, quando a equipa de jogadores desempregados defrontar o Elétrico de Ponte de Sôr, num jogo particular. Miguel foi internacional português em 59 jogos, fez formação no Sporting e passou por Estrela da Amadora, Benfica e Valencia enquanto jogador profissional.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.