“Sei que quanto mais alto [for] o nível, maior a responsabilidade. Estou preparado para essa nova etapa e continuarei sempre fazendo e dando meu melhor como tenho feito até o presente momento”, afirmou hoje o brasileiro de 27 anos, em declarações à imprensa.

O lateral direito chegou a Arouca em 2018/19, época em que o clube caiu para o Campeonato de Portugal [agora Liga 3], tendo sido elemento-chave nas duas subidas de divisão consecutivas, algo que torna o regresso à I Liga “especial”.

“Da descida até a subida à I liga, foram anos que adquiri muitas experiências. Subir dois anos consecutivos faz-me sentir muito feliz com o meu trabalho e esforço, dando também os parabéns aos meus colegas que estavam e estão comigo até o momento”, descreveu.

No final da última temporada, o 'capitão' renovou pela formação de Armando Evangelista por dois anos e vai manter a braçadeira, algo que considera “muito especial e importante”, antevendo a próxima temporada no principal escalão de futebol.

“Sei que com esse título vêm grandes responsabilidades e sei que tudo que faço tem grande influência no convívio com os meus colegas de trabalho e o ‘staff’. Para já o mais importante é fazermos uma boa época, onde pretendemos atingir nossos objetivos e também praticar bom futebol. O que vier a depois disso, será muito bem-vindo”, finalizou.

Thales assinalou a presença centenária com as cores arouquenses no domingo, na vitória por 3-0 no terreno do Vilafranquense, em partida a contar para a primeira eliminatória da Taça da Liga.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.

Ajude-nos a melhorar o SAPO Desporto