O treinador do Benfica, Jorge Jesus, admitiu esta sexta-feira que a equipa teve dificuldades em parar a intensidade do Nápoles.

«O Nápoles impôs uma intensidade de jogo durante alguns períodos da partida, onde tivemos dificuldade para parar o Nápoles. Na segunda parte modificámos o plano de jogo e conseguimos parar aquele controlo do jogo que o Nápoles tinha. O desafio foi mais dividido, com algumas oportunidades para as duas equipas», afirmou o técnico em declarações à Benfica TV.

O treinador queria defrontar «um adversário que criasse dificuldades» o que permitiu mostrar que o Benfica «é uma equipa muito consciente, com atque posicional».

O Benfica perdeu em Nápoles por 2-1.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.