A transferência de Roberto Jiménez do Benfica para o Saragoza continua a dar que falar. O "Football Leaks" divulgou dados da saída do guarda-redes espanhol da Luz, onde é possível ver a engenharia financeira montada entre o Benfica, Atlético Madrid e Olympiacos.

Roberto jogou no Benfica em 2010/2011, antes de ser transferido para o Saragoça por 8,6 milhões de euros (o Benfica tinha pago 8,5 milhões por ele). Mas os espanhóis apenas liquidaram 86 mil euros dos 8,6 milhões.

Após duas temporadas, o Benfica recuperou o jogador, renovou com ele até 2016/2017, a troco de 1,2 milhões de euros por época. Mas em julho de 2013 os "encarnados" emprestaram o guarda-redes ao Olympiacos até junho de 2014, com os gregos a suportarem o salário (100 mil euros por mês). De acordo com os documentos do "Football Leaks", a seis meses de terminar o acordo de empréstimo entre "águias" e gregos, Benfica e Roberto revogaram o contrato que os ligava. Mas, um dia antes, Benfica, Atlético Madrid e Roberto assinavam um contrato onde é explicado que os "encarnados" tinham vendido os direitos económicos do guarda-redes aos "colchoneros" em junho de 2013, mas mantendo os direitos desportivos, que deveriam ser ceder após o fim do empréstimo do guarda-redes ao Olympiacos. A contrapartida recebida pelo Benfica foi, ao que se sabe, o passe de Pizzi.

A meio da época 2013/2014, o Atlético Madrid vendeu os direitos desportivos de Roberto para o Olympiacos, mais 50 por cento dos direitos económicos, num negócio que teve o aval do Benfica. Os espanhóis receberiam 2,5 milhões de euros pelo guarda-redes. Na mesma data (fevereiro de 2014) o Olympiacos assinou um acordo com os agentes Mariano López e Claudio Tonolla, da Contineo Limited, intermediários no negócio, a troco do pagamento de 500 mil euros.

Roberto assinou com o Olympiacos até 2018, onde recebe 172 mil euros por trimestre.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.

Ajude-nos a melhorar o SAPO Desporto