O Portimonense perdeu por 1-0 na visita a Vila do Conde, frente ao Rio Ave, num jogo em que se viu reduzido a dez jogadores aos 30 minutos. O treinador do conjunto algarvio, Paulo Sérgio, não gostou da arbitragem de Bruno José Costa no encontro, queixando-se também de um penálti por assinalar.

"Ficámos reduzidos a dez, acho que o vermelho é ridículo. Não há gesto, não há nada, está por trás, fixa o pé para tentar a receção e há um pequeno contacto. Se formos mostrar vermelhos nestas situações não há jogo que acabe com onze. É muito injusta essa situação", começou por apontar.

"Bem como o VAR chamar o árbitro com indicação de uma grande penalidade, e eu já vi o lance. O jogador do Rio Ave mete a mão na bola dentro da grande área e ele decidiu não marcar. São duas situações que nos penalizam imenso, as duas decididas contra nós injustamente e erradamente. Falámos ao intervalo que se soubéssemos suster e trabalhar com inferioridade a determinada altura íamos à procura do risco. É um resultado completamente mentiroso com incidências que nos penalizaram bastante", sublinhou.

Veja os lances

A expulsão de Moufi 

A possível mão na bola do jogador do Rio Ave

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.