Os jogadores Diogo Salomão, Lucas Marques, Ukra e João Lucas vão abandonar o Santa Clara, que decidiu não renovar o contrato aos quatro futebolistas, anunciou hoje o clube da I Liga de futebol.

Em comunicado, o Santa Clara avançou que os “atletas encontram-se de saída do plantel profissional”, uma vez que os contratos vão terminar no próximo dia 30 de junho.

“Aos quatro atletas, aproveitamos para agradecer pelo profissionalismo e empenho desde sempre evidenciado, fazendo votos das melhores felicidades a nível pessoal e profissional. Para sempre, bravos açorianos”, lê-se na nota.

Ukra, extremo de 33 anos, chegou ao Santa Clara na época 2018/19, depois de passagens pelo CSKA Sofia (Bulgária), Al Fateh (Arábia Saudita), Rio Ave, Sporting de Braga e FC Porto. Ao longo de três épocas, realizou 95 jogos e apontou quatro golos com a camisola do Santa Clara.

Diogo Salomão, de 32 anos, chegou aos Açores no ‘mercado de inverno’ da época 2019/20, vindo do Steaua de Bucareste (Roménia), tendo realizado 31 partidas ao serviço dos açorianos.

O médio brasileiro Lucas Marques estava há três épocas vinculado ao Santa Clara e participou em 12 encontros, enquanto o lateral esquerdo João Lucas, de 25 anos, representava os açorianos desde 2018/19 (antes estava no Leixões) e realizou 40 jogos ao longo de três épocas.

Na sexta-feira, foi anunciado que o avançado marroquino Bouldini, que na temporada passada representou a Académica, da II Liga de futebol, irá ser jogador do Santa Clara para as próximas três épocas.

O Santa Clara conseguiu na época 2020/21 a melhor pontuação de sempre da equipa na I Liga de futebol, alcançando o sexto lugar, que lhe permite disputar a qualificação para a Liga Conferência Europa.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.