“Foi um jogo que me deixou uma sensação desagradável, soube-me a pouco. Sabíamos que o Braga era um adversário muito difícil e seria muito complicado para nós, mas provámos que ao recuperar de 0-2 estamos preparados. Houve qualidade ofensiva que me deixou satisfeito, fico apenas triste por não termos concretizado mais uma de tantas jogadas que criámos. Mas é algo que nos tem de deixar satisfeitos. Não tenho dúvidas de que como estávamos e se o jogo tivesse mais minutos, conseguiríamos ganhar porque o Braga estava com dificuldades. Mas é subjectivo. O importante é que temos espaço para crescer”, disse Rui Vitória na conferência de imprensa.

E acrescentou: “Acaba por ser uma reacção natural de quem tem qualidade e de quem preparou com muita qualidade este jogo. Tivemos um erro ou outro na primeira parte, perante uma equipa muito matreira. Cometemos estes dois erros, mas depois tivemos entrega e fibra e os jogadores jogaram à Paços. As bolas não quiseram entrar. Não ganhámos três pontos, mas uma equipa e o futuro só pode ser risonho. Agora temos de aperfeiçoar o que estamos a fazer”.

O Sporting de Braga empatou, este domingo, a dois golos com o Paços de Ferreira, no Estádio da Mata Real, em jogo da quinta jornada da I Liga.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.