Matheus Uribe e Luis Díaz aguardam o 'ok' da DGS para serem integrados nos treinos da equipa, depois de terem cumprido isolamento profilático por contactarem com uma pessoa externa ao futebol que foi infetada com COVID-19.

Tratava-se de um familiar de Uribe, que obrigou a 14 dias de quarentena. O caso chegou a público no dia 4 quando a federação colombiana anunciou que Uribe e Luis Díaz tinham sido retirados dos convocados da seleção da Colômbia para os encontros frente à Venezuela e Chile.

Os jogadores que foram opção para a partida frente ao Marítimo, fizeram exames de despistagem antes do encontro e deram negativo, repetindo o teste depois terem tido conhecimento desse contacto.

Para já o 'ok' para o regresso dos jogadores aos trabalhos é da responsabilidade da Administração Regional de Saúde do Norte e da DGS. Os jogadores podem assim ser reintegrados e serem opção para a partida frente ao Sporting.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.