A goleada, que quase garante a permanência do Vitória de Setúbal na Liga, poderia ter começado a desenhar-se logo aos três minutos, na sequência de um lançamento de linha lateral, mas o lance foi anulado pelo árbitro auxiliar, porque a bola não terá sido tocada por nenhum jogador antes de entrar na baliza de Gottardi.

Determinado a vencer a partida, o Vitória de Setúbal conseguiu superiorizar-se ao adversário nos primeiros 20 minutos de jogo, criando várias oportunidades de golo, enquanto a União de Leiria tentava responder em contra-ataque e em lances de bola parada.

O Vitória de Setúbal acabou por inaugurar o marcador aos 27 minutos de jogo, na sequência de uma boa jogada de Neca e Zeca no flanco direito do ataque sadino com este último a cruzar para a cabeça de William, que não desperdiçou.

Dois minutos depois, Miguelito, descaído sobre o lado esquerdo, poderia ter feito o segundo golo, mas o remate do defesa esquerdo do Vitória de Setúbal saiu ao lado da baliza.

A União de Leiria reagiu à desvantagem, conseguiu algumas jogadas de maior perigo junto à baliza adversária e até poderia ter chegado ao golo mesmo a fechar o primeiro tempo, numa jogada de Ruben Brígido, que ofereceu o golo a João Silva, mas o avançado leiriense permitiu a defesa de Diego.

A segunda parte não poderia ter começado melhor para o Vitória de Setúbal, que chegou ao 2-0 após mais uma jogada de Pitbull no flanco esquerdo do ataque sadino.

O avançado brasileiro cruzou para dentro da grande área, com a bola a passar de pé para pé por vários jogadores sadinos, sempre ao primeiro toque, e Neca, também de primeira, fez o remate final, que colocou o resultado em 2-0.

Confiante e a praticar um futebol muito agradável, o melhor que se viu esta época no Bonfim, o Vitória de Setúbal haveria de chegar ao 3-0 com um grande golo de Pitbull, que, à entrada da grande área, rematou em jeito e fez a bola sobrevoar o guarda-redes Gottardi.

Com o triunfo já garantido, Neca perdeu a oportunidade de fazer o quarto golo, mas redimiu-se pouco depois ao assistir a José Pedro, esperando até ao limite para fazer o passe atrasado para o companheiro de equipa, que confirmou a goleada sadina.

Aos 86 minutos, a União de Leiria ainda conseguiu o golo de honra, na sequência de uma jogada confusa, com vários jogadores a disputarem a bola, que acabou no fundo da baliza de Diego.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.