Carlos Brito pretende que a sua equipa inverta o ciclo negativo de resultados, que apenas permitiu à formação vila-condense amealhar um ponto nas primeiras quatro rondas do campeonato.

«O Rio Ave vai tentar ganhar a todo o custo, mas falar de vitória é um ato natural em futebol. Jogar com intuito de ganhar é uma obrigação nossa e não quero com isto minimizar o Sporting», disse o técnico.

O treinador dos vila-condenses prosseguiu: «Temos um trajeto de três derrotas consecutivas e encerrar este ciclo é extremamente importante. Garantir um ponto seria bom, mas excelente seria ganhar».

Apesar de ocupar, atualmente, o penúltimo lugar da tabela classificativa, Carlos Brito garantiu que não sente o grupo de trabalho abatido.

«Tenho transmitido aos jogadores é que não nos podemos resignar. O grupo tem de ter ambição e confiança, que surgirá com as vitórias. Não somos uma equipa abatida nem resignada ao lugar que ocupamos», frisou.

Sobre o Sporting, que vem de duas vitórias, no campeonato e na Liga Europa, o treinador do Rio Ave destaca, essencialmente, o valor das suas individualidades.

«Não diria que seria mais fácil defrontar o Sporting há duas semanas, mas sim que encontraríamos uma equipa menos confiante. Vejo uma equipa difícil e com boas individualidades», referiu.

Perante o cenário pontual da sua equipa, Carlos Brito não confirma que fará grandes alterações no “onze” do Rio Ave frente aos ‘leões’.

«Por termos perdido nos últimos jogos, não quer dizer que tenha, forçosamente, de fazer alterações. Ainda não decidi o ‘onze’ para segunda-feira, pois o grupo tem vindo a trabalhar bem», explicou.

Carlos Brito tem praticamente todos os jogadores disponíveis para a receção ao Sporting, sendo Mendes, Bruno China e Rafael as únicas baixas, devido a lesão.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.